Circuito Netas
  • Home

Como identificar as lideranças nas organizações

A decisão de contratar líderes de fora ou escolher um colaborador de dentro da empresa para subir a uma posição de liderança se mostra muito difícil em diversos casos, pois nem sempre os gestores conseguem identificar as lideranças na organização com facilidade.

Essa decisão é ainda mais difícil quando a empresa não tem a cultura de desenvolver a liderança em seus funcionários, deixando muitos talentos e potenciais líderes passarem despercebidos.

Diante deste cenário, estar atento às habilidades de liderança que seus colaboradores possuem, pode ajudá-lo a identificar líderes em sua equipe e, assim, diminuir os custos com processos seletivos externos e motivar ainda mais seus funcionários, que poderão contar com um plano de carreira e possibilidades de crescimento dentro da organização.

Quer saber como identificar líderes em sua empresa e construir times cada vez mais fortes? Veja abaixo as principais características que você deve observar em seus funcionários!

Sabe receber feedbacks

Uma pessoa que não sabe escutar as outras e que não está aberta à críticas e sugestões de melhoria, dificilmente desempenha um bom papel de líder em uma organização.

Portanto, preste atenção a quem sabe receber feedbacks e levar em consideração a opinião de todos os envolvidos nos processos da empresa.

Tem o respeito e a confiança de seus colegas

Observar quais de seus colaboradores têm o respeito e a confiança de seus colegas também ajuda a encontrar possíveis líderes em sua empresa. Preste atenção a quem os membros de sua equipe recorrem quando seus gestores imediatos estão ocupados ou não estão.

Em quem eles confiam para tirar as dúvidas, reportar problemas ou pedir ajuda? Essa pessoa provavelmente sabe escutá-los e orientá-los, além de ter muito conhecimento para transmitir.

Apresenta uma boa conduta

Dar o exemplo é o dever de todo líder e quando já conhecemos o profissional fica muito mais fácil ter a certeza de que se trata de um candidato que apresenta uma boa conduta.

Converse com os antigos e atuais gestores do funcionário, com seus colegas de setor e avalie como ele é visto por todos dentro da empresa.

Ele chega sempre no horário, cumpre suas tarefas com excelência, respeita os demais independente do seu nível hierárquico, segue as regras e normas da empresa e está alinhado com a cultura organizacional? Mais um ponto para ele!

É motivado e motiva os outros membros

Sabe aquele tipo de pessoa que faz seu trabalho com entusiasmo e bom humor e contagia todos que estão à sua volta?

Essa pessoa tem uma característica muito importante para um futuro líder, pois pode conseguir influenciar sua equipe positivamente na melhoria do clima organizacional e, consequentemente, na qualidade dos serviços prestados.

Porém, essa característica por si só não indica o potencial de liderança de um funcionário. Então, fique atento às demais habilidades apresentadas por ele.

Consegue delegar tarefas

A habilidade de delegar tarefas também é fundamental para um bom líder, que tem o dever de orientar seus liderados e proporcionar o desenvolvimento deles.

Pessoas que abraçam tudo para si e nunca pedem ajuda têm a probabilidade de, como líder, impedir o crescimento de sua equipe e a criação de novas ideias e soluções. Fique atento a esse ponto no comportamento de seus funcionários.

Se compromete com os resultados

Existem funcionários que têm bastante conhecimento do setor, são super queridos e respeitados pelo restante da equipe, mas para ser promovido a um cargo de liderança, eles também precisam mostrar seu comprometimento com os resultados e metas da organização.

Demonstra inteligência emocional

Um profissional que demonstra inteligência emocional, reagindo bem em situações de pressão e quando deve tomar atitudes rápidas, está um passo à frente para alcançar um cargo de liderança.

Além disso, se mostrar adaptável e flexível à situações diversas dentro da empresa, também mostra que o colaborador pode desempenhar bem o papel de líder, visto que ele terá que lidar com pessoas e situações completamente diferentes todos os dias.

Se comunica bem

A comunicação clara e sem rodeios também está presente em pessoas que tendem a ser bons líderes. É muito difícil alguém que não saiba falar bem em público ou expressar suas ideias com clareza liderar um time. Portanto, analise também o seu poder de comunicação.

Gostou destas dicas para identificar líderes em sua organização e agora quer saber como você pode acelerar o desenvolvimento deles? Conheça os treinamentos vivenciais oferecidos pela Circuito Netas!

Passo a Passo – Como utilizar dinâmicas no treinamento de líderes

 

Grandes líderes não nascem da noite para o dia, são raros os casos em que isso acontece. A grande maioria dos líderes que podemos encontrar nas empresas, passaram e ainda passam por diversas experiências que os ajudaram a desenvolver habilidades e competências importantes para lidar com sua equipe de maneira assertiva.

Saber unir os objetivos e necessidades da empresa com os objetivos e necessidades dos membros de seu time é uma das principais funções de um líder, e os treinamentos são importantes para que eles desenvolvam essa e outras habilidades.

Utilizar dinâmicas de grupo no treinamento de líderes é uma excelente ferramenta para promover a união de sua equipe de líderes e ajudá-los a caminharem juntos e sinergicamente rumo aos objetivos e metas da organização.

Se você deseja potencializar os resultados dos líderes de sua companhia, veja abaixo o passo a passo de como implementar dinâmicas no treinamento de seus líderes!

Conheça os seus líderes

O primeiro passo para utilizar as dinâmicas no treinamento de líderes de forma eficiente, é conhecendo cada um de seus líderes e o perfil deles. Tem empresas que contam com lideranças muito mais objetivas e, nesses casos, uma dinâmica muito lúdica pode não surtir o efeito esperado.

Ao mesmo tempo existem líderes que valorizam mais a parte inspiracional. Então, as mesmas dinâmicas que servem para uns, não servem tanto assim para outros e conhecer o perfil do seu time de líderes torna-se essencial para acertar no tom da dinâmica.

Identifique as falhas

O principal objetivo de um treinamento é ensinar novas habilidades ou melhorar as que não estão indo tão bem assim, e para saber no que focar, é preciso fazer um diagnóstico da situação atual de suas lideranças.

Para isso, converse com todos os colaboradores, faça pesquisas de satisfação, analise as reclamações dos clientes, as falhas no processo e os problemas de cada equipe.

Converse também com os próprios líderes, para saber o que eles pensam uns dos outros e como anda o relacionamento, integração e cooperação entre eles. Todas essas informações serão importantes para que você siga o próximo passo, de planejamento do treinamento e das dinâmicas.

Faça um planejamento

Agora que você já sabe quais são os pontos de melhoria dos líderes de sua organização, escolha os principais para focar na realização das dinâmicas de liderança.

Isso, porque é fundamental ter um objetivo sobre o que realmente o treinamento aplicado deseja promover melhorias, para que assim, o resultado do treinamento e da dinâmica possam ser mensurados depois.

Então, planeje os objetivos do treinamento e tenha-os alinhados com os objetivos da empresa. Além disso, planeje também como os resultados serão mensurados e em quanto tempo.

Escolha a dinâmica

A dinâmica deve ser escolhida com base no que sua equipe de líderes mais necessita no momento. Se eles precisam ser mais unidos, entender a importância do trabalho em equipe, respeitar os fluxos de trabalho, ter mais empatia com os membros de suas equipes etc.

Existem inúmeras ideias de dinâmicas extremamente interessantes e relevantes para cada uma das necessidades que uma companhia pode ter. Pesquise bastante e, de preferência, contrate profissionais especializados e colha os frutos desta ação.

Leve a dinâmica para a realidade

Um erro muito comum é quando o profissional que aplica a dinâmica de líderes desenha um cenário completamente diferente da realidade da que é vivida pelos trabalhadores que estão recebendo o treinamento.

Quando isso acontece, por mais que a dinâmica tenha um conteúdo fantástico, os profissionais podem não assimilar o aprendizado tão bem quanto seria se a dinâmica tivesse tratado de temas e situações recorrentes de seu dia a dia.

Deste modo, sempre adapte os cenários e situações da dinâmica de líderes do seu treinamento para a realidade de seus colaboradores, assim, eles irão se identificar durante todo o exercício, além de poderem propor novas ideias e soluções para problemas frequentes.

Escolher a dinâmica certa para o seu treinamento de líderes pode fazer toda a diferença na satisfação de seus funcionários e nos resultados de sua empresa. Invista nesta estratégia!

O treinamento vivencial aplicado pela Circuito Netas também conta com diversas dinâmicas de liderança para desenvolver as habilidades de seus líderes, alinhado com os objetivos da sua organização. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Como formar equipes de alta performance

Formar equipes de alta performance é o objetivo de todo líder que deseja conquistar mais resultados. O fator humano é fundamental para que a empresa apresente números cada vez melhores e, para isso, é preciso saber construir, integrar e gerenciar um time que demonstre características importantes para a obtenção da chamada equipe de alta performance.

Desenvolver times que apresentam máximo desempenho é uma tarefa que exige não só clareza, mas também muita análise. O líder que tem esse desafio pela frente precisa estar atento a alguns pontos importantes para o crescimento do seu time.

Abaixo, listamos algumas dicas fundamentais para a evolução de uma equipe com o propósito de aprimorar os seus resultados. Confira!

Saiba ser liderado

O bom líder é aquele que entende que sua posição nada mais é que uma oportunidade de contribuir para o crescimento profissional e também pessoal de seus colaboradores. Essa compreensão é fundamental para criar uma relação colaborativa e benéfica para ambos os lados.

Saber ser liderado envolve, entre outras coisas, ouvir e confiar nos colegas de trabalho.

Aqui também vale a dica de trabalhar para a formação de novos líderes, assim, é possível impactar o desenvolvimento profissional de um número maior de pessoas a longo prazo.

Crie um ambiente harmonioso

Trabalhar em um espaço em que a convivência é agradável e estimulante é a base para que o time conquiste números cada vez melhores ao final do mês. Para isso, é importante que os colaboradores desenvolvam suas atividades com autonomia e se sintam parte importante da organização.

Além disso, é importante lembrar que a rotina atribulada não é – nem pode ser – motivo para que a empatia e a gentileza sejam esquecidas no decorrer das atividades diárias. Um ambiente harmonioso é, antes de tudo, um local respeitoso.

Observe os talentos

Cada indivíduo possui características que, juntas, são fundamentais para o seu desempenho. Uns são mais analíticos enquanto outros são mais ativos, assim como alguns são tomadores de decisão. O que não dá para negar é que cada um possui um talento que pode ser lapidado e potencializado.

Observar as particularidades de cada profissional também é importante para criar uma equipe de alta performance que tenha sinergia, ou seja, que atue de maneira cooperativa e coesa.

Avalie constantemente

Depois de observar com mais cautela cada talento de sua equipe será mais fácil fazer avaliações. Avaliar não significa necessariamente aplicar uma prova ou um teste para o funcionário, mas sim fornecer um feedback sincero sobre as atividades desempenhadas e o comportamento adotado pelo profissional em relação ao grupo.

As avaliações devem servir como um estímulo para que o colaborador busque cada vez mais a excelência. Por isso, é fundamental que a abordagem seja a mais amigável possível. Lembre-se de que os elogios podem ser públicos, mas as críticas são mais efetivas quando feitas de maneira particular.

Defina metas e prazos

Ao saber qual é o caminho que precisa ser percorrido, sua equipe conseguirá definir as estratégias para cruzar a linha de chegada. Então, é muito importante que todos do grupo estejam informados e de acordo com as metas e prazos estabelecidos.

Para que a motivação não se perca durante a caminhada, é possível dividir a meta em submetas e dessa forma conquistar “micro objetivos” até chegar ao grande objetivo final.

Os prazos também precisam de atenção: devem ser desafiadores, mas também realistas. Como sua equipe poderá potencializar os resultados se eles não são atingíveis?

Compartilhe e proporcione conhecimento

O compartilhamento de conhecimento é uma das principais características de um líder que gerencia uma equipe de alta performance. Dividindo os aprendizados é possível criar processos mais eficazes, encontrar soluções mais inteligentes e atingir os objetivos mais rapidamente.

Outra maneira de agregar conhecimento à equipe é oferecer cursos, palestras, workshops e demais eventos que forneçam atualização ou até mesmo novos aprendizados. Além disso, dinâmicas, treinamentos vivenciais, desafios, dentre outras experiências, acrescentam lições valiosas para a rotina profissional e são muito bem aceitas pelos colaboradores.

Se você deseja desenvolver uma equipe de alta performance, a Circuito Netas oferece treinamentos vivenciais com o objetivo de desenvolver habilidades e evidenciar características fundamentais para o desenvolvimento de seus colaboradores. Quer conhecer nossos treinamentos? Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas.

4 Estratégias para Desenvolvimento Pessoal

Provavelmente, dentre as preocupações que ocupam seu cotidiano, estão a performance no trabalho, a qualidade na linha de produção, a emissão de documentos, prazos ou qualidade de entrega. Além de ocupar o seu tempo, também ocupam a sua mente e nem sempre existe uma consciência das perdas e ganhos que a realização dessas tarefas nos traz.

Ainda, é comum que as metas da empresa sejam aderidas por você como se fossem as suas próprias metas. Claro que as metas da empresa são importantes. Ainda assim, é preciso que cada pessoa comece seu dia com a clareza de seus objetivos e metas pessoais.

Pense nas pessoas mais bem-sucedidas que você conhece. Perceba as escolhas que elas fazem durante seus dias e o quanto elas investem tempo para seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Imagino que possa constatar como as pessoas bem-sucedidas fazem as escolhas de suas tarefas, com foco e clareza num objetivo. Também, como investem tempo em estudos e autoconhecimento, mantendo-se abertos para absorver novos conteúdos e prontos para mudanças.

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças. ”- Charles Darwin

Para enfrentar mudanças, visando adquirir novos comportamentos, conhecimentos ou alcançar um objetivo, é preciso estar comprometido com você mesmo, a despender energia e a fazer esforços de adaptação.

O desenvolvimento pessoal te prepara para enfrentar melhor, tanto as tarefas cotidianas, quanto as adversidades e necessidade de mudança. O autoconhecimento, alinhado a uma estratégia de desenvolvimento pessoal, com certeza, te impulsiona a viver melhorias pessoais e profissionais.

Dicas para uma boa estratégia de desenvolvimento pessoal:

Especifique Metas

Saber para onde você vai e onde quer chegar é crucial para escolher as ações que te levem a essa conquista.

Atenção com as tarefas cotidianas

Cuidado nas tarefas cotidianas pois são apenas “obrigações”. Caso não estejam congruentes com as suas metas, repense as prioridades. Organize as tarefas de modo que você se mantenha focado em suas metas.

Escreva novas histórias

As experiências antigas podem te apoiar a descobrir seus talentos e limites. Volte nas velhas histórias e experiências de vida, avalie aquelas que não deram certo. Você pode listar o que poderia ter feito de diferente que, com certeza, te levaria ao sucesso.

Aprenda sempre

É importante manter sua mente em aprendizado, ajudando você a ter novas ideias, maior conhecimento de suas habilidades e competências e ter resultados positivos. Procure os recursos, livros, pessoas, que possam te ensinar e apoiar em seu desenvolvimento pessoal.

Transforme as habilidades das equipes em resultados

Você montou equipes perfeitas, selecionou profissionais com habilidades, competências e experiências relevantes para o seu negócio, mas ainda assim não está conseguindo atingir os resultados esperados?

Primeiro, é importante avaliar se as metas planejadas estão realmente de acordo com a realidade da empresa e do mercado no qual ela está inserida.

Depois de ter certeza de que suas metas estão realistas e alcançáveis, chega o momento de pensar em ações que ajudem a transformar as habilidades de sua equipe em resultados.

Listamos abaixo algumas medidas que podem ajudá-lo a potencializar as habilidades de sua equipe e melhorar seus resultados. Confira!

Descubra o que a sua empresa precisa

Para saber exatamente como as habilidades de seus funcionários podem ser utilizadas estrategicamente por sua empresa, é importante descobrir o que a sua empresa realmente precisa, ou seja, quais são os seus pontos fracos, de melhorias.

A partir disso fica mais fácil identificar quais as habilidades e competências devem ser desenvolvidas em sua equipe e trabalhar em cima disso.

Analise as habilidades de seus colaboradores

Muitas vezes os líderes não têm noção de todo o conhecimento de seus liderados e acabam deixando passar grandes oportunidades de melhorarem o desempenho de sua equipe.

O trabalho em equipe traz a vantagem de poder unir as formações e os conhecimentos de diversos profissionais, e mapear as habilidades de cada um de seus membros é importante para saber o verdadeiro potencial deles.

Converse com sua equipe, descubra seus pontos fortes e fracos, analise suas habilidades, o tipo de função e tarefas que mais combinam com cada membro e use esses dados com estratégia para melhorar o desempenho de sua empresa.

Estimule o desenvolvimento e o uso das habilidades

Nós já ouvimos muito por aí que nós só aprendemos realmente algo quando fazemos. E isso pode ser aplicado às nossas habilidades.

É comum encontrar pessoas que sabem o que devem fazer, detém o conhecimento sobre determinado procedimento, mas se sentem inseguras para fazê-lo, pois nunca tiveram à oportunidade de executá-lo.

Por isso, quando lideramos uma equipe temos que sempre pensar em duas coisas: no desenvolvimento e aperfeiçoamento e na prática das habilidades que nossos membros possuem.

Primeiro, devemos fazer o possível para investir em treinamentos, capacitações e dinâmicas que promovam o conhecimento e o desenvolvimento de habilidades. E depois, devemos dar a chance de esses membros praticarem o que aprenderam, inclusive a proatividade.

Portanto, delegar tarefas mais complexas – mesmo que com supervisão – e proporcionar um ambiente de trabalho criativo e aberto à novas ideias é essencial para que sua equipe transforme suas habilidades em resultados.

Lembre-se de que o líder deve conduzir seus liderados e facilitar o seu crescimento, e não fazer o trabalho deles. Além de tudo, isso vai fazer com que lhe sobre mais tempo para dedicar à gestão estratégica do negócio.

Avalie os resultados individuais e em equipe

Para ter certeza de que, de fato, as habilidades de sua equipe estão se convertendo em resultados, é necessário avaliar os resultados individuais e também coletivamente.

Desta forma, é possível encontrar quais são as falhas nos processos e elas são decorrentes de algum problema na gestão da equipe, como falta de comunicação, sobrecarga de tarefas etc, ou se algum dos funcionários está tendo dificuldades e afetando o desempenho de todos.

Além disso, por meio da mensuração e avaliação dos resultados, o líder também pode identificar bons comportamentos, que podem servir de exemplo para o restante do time.

Aplique os feedbacks 

O feedback é algo indispensável para o desenvolvimento de um colaborador e, consequentemente, de toda a equipe.

Afinal, quando a pessoa não sabe onde está errando e acertando, não tem parâmetros para melhorar e continua fazendo seu trabalho da mesma forma.

Então, invista um pouco do seu tempo para a aplicação de feedbacks individuais, que visem o crescimento de seus funcionários

Experimente também alguma modalidade de feedback coletivo, como o feedback 360°, onde cada pessoa vai dando o seu parecer sobre o trabalho de todos os outros que estão na roda. É uma prática muito interessante para aumentar a integração da equipe e alinhar a visão de todos sobre o trabalho.

A Circuito Netas pode ajudar a transformar as habilidades de sua equipe em resultados com os treinamentos vivenciais que desenvolvem todo o potencial de seus membros, por meio de experiências práticas. Entre em contato conosco e saiba mais!